quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Nota fúnebre -Comunico com pesar que o Entalhador Batista faleceu dia 15 de outubro de2018.

                                                                   Carlos Eugenio Batista 

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Palestra com o presidente do IBOPE Carlos Augusto Montenegro na ACRJ - Centro - fotos Lucas Farizel

                   Presidente da ACRJ - ( Associação Comercial do Rio de Janeiro) - Angela Costa apresenta os convidados e dá início a palestra com o empresário Carlos Augusto Montenegro,

                                Angela Costa,

                      Carlos Augusto Montenegro e Angela Costa,

                      convidados no almoço do empresário,

        Angela Costa  e  Carlos Augusto Montenegro entre membros da diretoria da ASCRJ.

 Amigos e intelectuais participaram do almoço com o presidente do IBOPE  (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística ), Carlos Augusto Montenegro, na ACRJ  a convite de sua presidenta Angela Costa nesta segunda - feira dia 01 de outubro de 2018.

Montenegro fez Palestra e traçou um diagnóstico preciso sobre a política na atual situação do Brasil e apreseentou possíveis caminhos para a superação dos graves impasses que ameaçam o desenvolvimento do Brasil e da democracia.
Na palestra  falou sobre as eleições 2018 e sobre o sistema político brasileiro, que considera ultrapassado. “É necessária uma reforma completa, mais urgente, inclusive, que a previdenciária”, afirmou. O Ibope, segundo Montenegro, divulgará três pesquisas presidenciais ainda essa semana: na noite desta segunda-feira (1º), na quarta-feira (3) e no sábado (6).
De acordo com o economista, faltando seis dias para o primeiro turno das eleições, é improvável que o futuro presidente não seja Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Hadadd (PT), mas acredita que “nada é impossível”.  “Dia 28 de outubro o brasileiro vai votar no segundo turno, e não tenho a menor ideia de quem vai ser o presidente. Tudo indica que vai ser entre os dois e o que vai pesar mais? Será o caráter, postura e passado do Bolsonaro ou os malfeitos do PT com muita gente presa?", questionou. "Esse movimento 'ele não' ou 'ele sim' ajuda na polarização entre os dois”, completou.
Montenegro explicou, ainda, que quem termina na frente do primeiro turno normalmente segue assim no segundo turno da disputa, mas que isso não é regra.
Colaboração :Textual Comunicação
Assessoria de Imprensa da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ)

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Lançamento do livro " Machado de Assis - A Poética da moderação" de Alcmeno Bastos no restaurante Lamas - Flamengo - fotos Marcelo Borgongino

                      Noite de autógrafos com Alcmeno Bastos,

                              Alcmeno Bastos recebe Alessa Lima e a mãe,


                                               Celi Luz e Alcmeno Bastos,


                                            Dianna, Alcmeno Bastos e Flavio Lemos,

                                 Marcia Cortesia e Alcmeno Bastos,


                                         Alcmeno Bastos e Walquiria Magalhães,


                           Alessa Lima , a mãe e Alçmeno Bastos.,
25/09 -- Familiares, amigos e intelectuais foram celebrar e homenagear Alcmeno Bastos no lançamento de seu  novo livro  " Machado de Assis -  Apoética da moderação".
O evento teve início às 19 hs e terminou às 23 hs .

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

José Dirceu lança livro " Zé Dirceu" no Circo Voador - Lapa - fotos: Marcelo Borgongino

                            José Dirceu, Magide Vieira e amigo,

                                         Magide Vieira e José Dirceu,,

                                                Meire Finelon e José Dirceu,,

                                   Palestra de José Dirceu e seus correligionários de Partigo,

                                          Hildegard Angel,


                               José Dirceu,

                                    José Dirceu e amigos 
O ex-ministro da casa civil de Lula lançou o  livro "Zé Dirceu" ,  Com tempo, na prisão,  Dirceu   escreveu a fascinante história de sua vida. Os bastidores inéditos de sua militância estudantil nos anos 1960, o exílio e o treinamento para ser guerrilheiro em Cuba, a cirurgia plástica que mudou seu rosto, a vida clandestina no Brasil nos anos 1970, a volta à legalidade com a anistia, em 1979, e sua ascensão no Partido dos Trabalhadores, onde se tornou presidente e maior responsável pela eleição de Lula à presidência da República. Pela primeira vez ele revela segredos dos bastidores da luta política dentro do PT e do próprio governo, onde foi chefe da Casa Civil e provável sucessor de Lula, até ser abatido pelas denúncias do chamado “Mensalão”. No primeiro volume de suas “Memórias” – outro virá, com novas revelações – ele expõe o que jamais foi dito sobre sua vida e sobre os principais líderes da política brasileira nos últimos 50 anos. Um livro imprescindível para se entender como foi a luta contra a ditadura miliar, a redemocratização, a derrubada do presidente Fernando Collor, a oposição aos governos de Fernando Henrique Cardoso, a eleição de Lula e Dilma e o atual momento político do país.