sábado, 1 de agosto de 2015

Jantar em homenagem ao padre Edvino Steckel oferecido por Beth e Carlos Alberto Serpa na Casa de Arte e Cultura Julieta De Serpa - fotos: Marcelo Borgongino

                         mesa de jantar decorada por Beth Serpa ,
     
                                        retirada dos abafadores e início do jantar em homenagem ao padre Edvino,


entrada - creme de camarão com aspargos do chef premiado pela Veja Rio Eliseu Ferreira,


                   discurso de Carlos Alberto Serpa,





Carlos Alberto Serpa e padre Edvino,

                     
                                                      Beth Serpa usa a grife  ...íssima e jóias Versace,

                                                            cantora Gottsha prestigiou o evento,

                                           Margareth e Fred Padilha,

Liege Monteiro e Luiz Fernando Coutinho,

                                          Belita Tamoyo, padre Edvino e Beth Serpa,

Leise Espirito Santo e Margareth Padilha,

                                                                 cantora  Gottsha ,

                                      Carlos Serpa e Flavia Veiga,

                                              Liege Monteiro e Luiz Fernando Coutinho,

                               Marcio Gomes e Monica Faria,

Ricardo Faria e Nestor Rocha,

Liliana Rodriguez e Padre Edvino,

                                      Beth Serpa entre Paulo Cesar e Leise Espirito Santo e Carlos Serpa,

                      Liliana Rodriguez e Nestor Rocha e Carlos Serpa,


                                                               Margareth Padilha,

                                              Beth e Carlos Alberto Serpa.

31/07 na Casa de Arte e Cultura Julieta De Serpa , Beth e Carlos Alberto Serpa ofereceram jantar para o padre Edvino Steckel em comemoração  ao  início do ano preparatório do jubileu de 25 anos de sacerdócio.
Atualmente o padre Edvino reza as missas aos domingos em Santa Tereza na Igreja Nossa Senhora das Neves.
Além do casal Sepa , 16 convidados se reuniram para o coquetel e jantar , entre os convidados- o desembargador Paulo César Espírito Santo e sua mulher- juíza Leise Espírito Santo, Liege Monteiro e Luiz  Fernando Coutinho, os cantores Gottsha e  Marcio Gomes, a jornalista Liliana Rodriguez e Nestor Rocha, os empresários - Maria Célia e Walter Moraes, Monica e Ricardo Faria..
O jantar foi comandado pelo chef Eliseu Ferreira e patisserie Michel Souza.
O jantar teve iníco às 19hs e terminou duas  da manhã.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Lançamento do livro " Ronaldo Fraga - Caderno de Roupas, Memórias e Croquis- na Livraria da Travessa - fotos: Marcelo Borgongino

autor Ronaldo Fraga,

carimbo usado para facilitar os autógrafos,

                                                   estilo fashion - Ronaldo Fraga,

                                    autógrafo,

                                          Ronaldo Fraga e atriz Simone Spolavore,

                           Ronaldo Fraga recebe Maria e João Cândido Portinari Filho,

Cacá Diegues e a filha Isabel com Ronaldo Fraga,

                             visão geral do evento.
30/07 na Livraria da Travessa de ipanema o estilista mineiro Ronaldo Fraga lançou seu livro "Ronaldo Fraga: caderno de roupas, memórias e croquis" retornando em uma segunda edição revisada e ampliada, incorporando as quatro novas coleções do estilista mineiro. O livro traz os croquis e desenhos feitos por Fraga entre 1996 e 2014. Cada coleção é introduzida por um texto do artista, que apresenta seus projetos e as referências garimpadas na música, dança, literatura, artes e em suas próprias memórias. As páginas formam um grande caderno de colagens, no qual moda e arte são entrelaçadas. A segunda edição do livro conta ainda com textos de Costanza Pascolato e Cristiane Mesquita.
Paris Gastrô
Dia 9 de agosto Uma data especial! Nos tempos da brilhantina!
Um cardápio especialmente elaborado com um toque de quero outra vez
EntradaSalpicão de peito de peru, cenoura, maça verde, aipo, ervilha, passas em cesta de massa Harumaki (foto)ouTorta salgada - pão de miga com atum, haddock defumado, tomate seco e  cenoura
PrincipalFilé Surprise - mignon com crosta de macadâmia recheado com queijo e presunto, batata gratinada recheada com queijo roquefort (foto) ou Badejo à Belle Meunière
SobremesaWaffle 3 sabores - maracujá, doce de leitee ganache de mel ou Banana Split (foto)
Praia do Flamengo, 340 - Flamengo - terça a sábado a partir das 19h e domingo a partir das 12h | Reservas: 2551-1278
Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa
O palacete, onde hoje está instalada a Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, foi construído em 1920 e é fruto de uma história de amor. Apaixonado pela mulher, Demócrito Lartigau Seabra, filho de importante família de comerciantes da época, quis dar de presente à sua esposa, Maria José, a mais bela casa do Rio de Janeiro. Contratou, para desenvolver o projeto, um arquiteto francês e, da mesma forma, mandou vir da Europa todas as peças de acabamento, como parquets, vitrôs, portais etc. e as de decoração, como tapetes, quadros, prataria etc. Depois da morte de Maria José, em 1989, com 95 anos - o marido já havia morrido em 1932 - só o filho mais velho, Carlos Alberto, ficou morando no palacete. Com a sua morte, em 2001, o palacete foi vendido para uma firma que queria demoli-lo para construir no local um prédio. Não conseguiu, no entanto, realizar seu intento, porque a casa havia sido tombada, em 1997, pelo Departamento Geral do Patrimônio Cultural da Secretaria Municipal de Cultura. O educador e antiquário Carlos Alberto Serpa de Oliveira se interessou pelo palacete, em 2002, para nele instalar uma casa de cultura, dando-lhe o nome de sua mãe, Julieta de Serpa.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Lançamento do livro " De dentro " de Joana Hime na livraria Argumento- Leblon- fotos: Marcelo Borgongino

                                               autora - Joana Hime,

Kadu Lambach e a filha Natália, Joana Hime e a filha Beatriz,

                                  Branca Escobar  e a cantora Leila Pinheiro,


autógrafos,

                                  Joana Hime com os pais Olivia e Francis Hime.

28/07 na livraria Argumento - Leblon Joana Hime lançou o livro de Poesias " De Dentro"
Autora dos poemas , Joana Hime é produtora e pesquisadora cultural e poeta. Graduada em jornalismo pela Faculdade Integrada Hélio Alonso e bolsista no mestrado em Letras pela PUC - Rio, trabalha no mercado musical há 15 anos como produtora artística, pesquisadora e gestora de projetos na área cultural. Formou-se, ainda, em produção executiva na Indústria da Música (ESPM), em Direito do Entretenimento (IBMEC, O Negócio da Música (SENAC), e Produção Musical (IATEC). Ajudou a fundar a Gravadora Biscoito Fino, produzindo os artistas Tom Zé, Gilberto Gil, Chico César, Mônica Salmaso, Paulinho Moska, Rita Lee, entre outros. Ainda na Biscoito Fino coordenou os Selos Biscoito Clássico e Jobim Biscoito Fino. Em 2003, Idealizou a série Cada artista e seu tempo originado do Projeto Centro Petrobras de Referência da Música Popular Brasileira  que contém o livro A Casa Edison e seu tempo e o acervo discográfico de obras de 1903 a 1930, do pesquisador de Humberto Franceschi, abrigado hoje no Instituto Moreira Salles.
O livro contou com a colaboração das fotografias de Bianca Escobar.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Lançamento do Livro "Em busca da Revolução Brasileira " de Morena Gomes Marques - Livraria Travessa em Botafogo- fotos: Marcelo Borgongino

                                            Morena  Gomes Marques,

                 Morena Marques autografa para Ricardo  e Marilene Macedo,

                                livraria lotada confirma o sucesso do evento,

                     Morena Marques recebe os pais Maurício e Ivanit.

27/07 na Livraria da Travessa em Botafogo, Morena Gomes Marques lançou seu primeiro livro " Em busca da Revolução Brasileira - uma análise crítica  da Estratégia Democrática Popular""  O livro   oferece ao público uma estreia promissora. Escorada num resgate de duas das principais concepções teóricas da revolução brasileira (Caio Prado Jr. e Florestan Fernandes), a jovem pesquisadora procura identificar as raízes do que constituiu a proposta “democrático-popular” .